[vc_row row_height_percent=”0″ override_padding=”yes” h_padding=”7″ top_padding=”3″ bottom_padding=”3″ overlay_alpha=”50″ gutter_size=”3″ column_width_percent=”100″ shift_y=”0″ z_index=”0″][vc_column column_width_percent=”100″ gutter_size=”3″ overlay_alpha=”50″ shift_x=”0″ shift_y=”0″ shift_y_down=”0″ z_index=”0″ medium_width=”0″ mobile_width=”0″][vc_custom_heading text_font=”font-381205″ text_weight=”700″ text_transform=”uppercase”]Política de privacidade[/vc_custom_heading][vc_column_text]A partir do dia 25 de maio de 2018, passou a ser aplicável o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados Pessoais, que estabelece regras relativas à proteção, tratamento e livre circulação dos dados pessoais das pessoas singulares, mesmo que tenham sido recolhidos antes daquela data, e que se aplica diretamente a todas as entidades que procedam ao tratamento desses dados. 
Este Regulamento tem como um dos principais objetivos aumentar a transparência das empresas no que diz respeito ao tratamento de dados pessoais. Poderá sempre consultar mais informações na nossa Política de Privacidade no site.
É nosso compromisso assegurar a privacidade dos seus dados.
Nos termos da Lei n.º 67/98, de 26 de Outubro, e da Lei n.º 69/98, de 28 de Outubro, é garantido ao cliente o direito de acesso aos dados que lhe digam directamente respeito, podendo realizar directamente a sua correcção ou aditamento.

Responsável pelo tratamento dos dados:
INCOMEF
Nº de Matrícula/NIPC: 504179942
Sede: Maia, Portugal
Contacto telefónico: +351 229 940 190
E-mail: incomef@incomef.pt

Finalidade do tratamento dos dados:
A finalidade do tratamento dos dados pessoais é a manutenção de base de dados de clientes que têm ligação comercial com a nossa empresa ou a sua atividade comercial pode beneficiar dos nossos produtos e/ou serviços.
Os dados recolhidos servirão única e exclusivamente para a finalidade supra descrita e não serão revelados a qualquer pessoa singular ou coletiva.

Direito do titular dos dados:

  1. a) Direito de solicitar ao responsável pelo tratamento acesso aos dados pessoais que lhe digam respeito;
  2. b) Direito à sua retificação
  3. c) Direito ao seu apagamento;
  4. d) Direito à limitação do tratamento no que disser respeito ao titular dos dados;
  5. e) Direito de se opor ao tratamento;
  6. f) Direito à portabilidade dos dados;
  7. g) Direito de retirar consentimento ao tratamento de dados em qualquer altura, com o consequente apagamento dos dados pessoais;
  8. h) Direito de apresentar reclamações à CNPD.

Direito de retificação:
O titular tem o direito de obter, sem demora injustificada, do responsável pelo tratamento a retificação dos dados pessoais inexatos que lhe digam respeito.

Direito ao apagamento dos dados:
O titular tem o direito de obter do responsável pelo tratamento o apagamento dos seus dados pessoais, sem demora injustificada, e este tem a obrigação de apagar os dados pessoais, sem demora injustificada, quando se aplique algum dos motivos constantes do artigo 17.º do Regulamento (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho de 27 de Abril de 2016, nomeadamente, quando o titular dos dados retira o consentimento em que se baseia o tratamento dos dados e se não existir outro fundamento jurídico para o referido tratamento.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]